SE REINVENTE


Foi diante de uma crise de 1994 na monocultura da batata que um grupo demoradores da cidade de Maria da Fé, MG , reinventaram sua forma de viver e transformaram a massa de papel, cola, fibra de bananeira e água em arte.

Em busca de acharem uma solução para a difícil situação econômica desse município, a comunidade se reunia para tentar enfrentar o problema. Foi então que, ao participar de uma dessas reuniões, o artista plástico Domingos Tótora, que difundiu sua arte promovendo inclusão social e o resgate da cidadania, sugeriu que se investisse na produção e comercialização de peças artesanais com fibra de bananeira, material abundante no município, e reciclagem de papelão, comumente descartado em frente às portas dos supermercados.

O artista apostava que o artesanato diferenciado faria sucesso entre os turistas, uma vez que a cidade, pertencente ao Circuito Turístico Caminhos do Sul de Minas, recebe visitantes durante todo o ano. A partir da adesão de moradores locais, elaborou-se o projeto Gente de Fibra, que consistia em oferecer oficinas de artesanato para a comunidade, por meio das quais o artista plástico ensinou, inicialmente, cinco artesãos a produzirem peças a partir da fibra de bananeira e papelão.

O projeto cresceu e transformou-se necessária a formação de uma entidade representativa, que culminou na criação da Cooperativa Mariense de Artesanato (COMARTE), em 26 de agosto de 1999, com 20 cooperados.

Quando a equipe da ARCHI SIMPLES se deparou com esse trabalho, foi amor a primeira vista. As peças são lindas e versáteis, podendo ser utilizadas em diversos tipos de decoração.

Veja a coleção que selecionamos para tornar dar mais charme a sua decoração:

.


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square